quinta-feira, 5 de julho de 2012

Sabe aquela roupa velha que você nunca teve coragem de dar?

Para hoje, tinha escolhido uma saia longa e uma rasteira, na ínfima esperança de que não fosse chover. Mas choveu. Choveu muito, e com vento, bem na hora em que eu estava na rua, a caminho do ponto de ônibus. Quase perco mais um guarda-chuva. Parece que é uma conspiração da natureza contra mim. Impressionante.

Não, não usei a saia longa com a rasteira, como havia planejado. Coloquei um jeans antigo, de uns 14 anos atrás. Uma calça pantalona, da Colcci, linda, que fez o maior sucesso na época. Lembro-me até hoje da referência: Alanis. Vendeu que nem água. Tanto que voltou nas duas coleções seguintes. Nunca tive coragem de dar e nunca encontrei nenhuma igual a ela. É o xodó do meu guarda-roupa.

Essa calça era da minha irmã, mas eu acabei me apossando e ficando com ela para mim. Normalmente,
 uso com regatas, batinhas, blusas de alcinha e sandália havaiana (se pudesse só usava havaianas. Amo!), mas, hoje, para trabalhar, eu resolvi tentar algo diferente. Coloquei uma camisetinha e, para dar vida ao look, um lenço colorido como cinto. O sapato foi a boa e velha melissa de camurça e furinho no dedo. Velha mesmo, porque eu a tenho há uns 4 anos. Aliás, meu guarda-roupa é cheio de velharia, que eu não troco por novidade nenhuma. São roupas e sapatos que eu sei que nunca mais vou encontrar igual. Sem contar que moda é coisa que vai e vem. O que é tendência hoje já esteve em alta ontem. É por isso que cuido bem das minhas roupas e, no final, acabo nem gastando muito com coleções novas.
(Clique na foto para ampliar)

(Clique na foto para ampliar)

(Clique na foto para ampliar)

(Clique na foto para ampliar)


3 comentários:

  1. Ousado, digno de uma mulher poderosa e especial. Adorei!

    ResponderExcluir
  2. Já pensei que não ia falar que a calça, seu xodó, era minha....rsrs... Saudade...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tinha certeza de que você ia comentar! kkkkkkkk

      Excluir